30 de mai de 2011

A vida é muito curta...

Hoje recebi uma nota de falecimento. Um ex colega de trabalho veio a óbito com CA de fígado.
Novo, tinha seus quarenta anos. Foi,simplesmente assim, co tanta vida ainda pela frente.
Tem gente que só lembra do fígado quando tem ressaca, também pudera, ele não dói, mas é tão importante quanto nosso coração.
Mais do que nunca tenho certeza que tomei a decisão mais acertada, afinal, quero viver longos anos ainda, com saúde e qualidade.
Tenham uma ótima semana!

21 de mai de 2011

Decisão tomada

Então... Primeiro passo foi dado. Depois de escutar: "Agressivo é estar tão doente tão nova" ainda fiquei me borrando. Família apoiando, analista apoiando, o povo lá de cima apoiando (e a prova disso veio hoje a galope) o negócio é deixar de ser cagalhona e partir parao abraço.
Esse ano devo ter um belo presente de aniversário.

20 de mai de 2011

Começo no fim?

Pois é. As vezes precisamos nos desvencilhar de alguns preconceitos e encarar a vida com a seriedade de uma criança que quer algo que está onde ela não alcança.
Ela olha. Olha e nada da coisa pular no seu colo. Puxa, empurra, pula, enfim, esgota todas as possibilidades até que, quando esta quase para desistir pega aquele banco imenso, altíssimo o qual treme de medo só de pensar, coloca perto do alvo e sobe. Pumba! Pega o que queria e fica feliz, mesmo de perna bamba de medo da altura.
Próxima etapa pensar em como vai descer. Na dúvida: pula. Se cair, caiu, é só levantar.
E vencido o medo e preconceito, segue a criança feliz para seu próximo desafio.